DEMA-DF deflagra Operação Déjà-vu

DEMA-DF deflagra Operação Déjà-vu

A Delegacia Especial de Proteção ao Meio Ambiente e à Ordem Urbanística (DEMA) realizou, nesta sexta-feira (12), a Operação Déjà-vu. Durante a ação foram  cumpridos 11 mandados de busca e apreensão e cinco mandados de prisão temporária.

A ação objetivou combater crimes de parcelamento irregular do solo para  fins urbanos, dano ambiental, associação criminosa e lavagem de dinheiro, dentre outros. De acordo com a DEMA, os investigados se uniram para parcelar ilegalmente a Chácara 12, da Colônia Agrícola Águas Claras, Região Administrativa
do Guará/DF.

 

 

Dentre os detidos há um bombeiro militar do DF que já preso temporariamente duas vezes em investigações da PCDF. A primeira, em 2011, na Operação Acton, da Delegacia de Combate ao Crime Organizado (DECO); e a segunda, em 2016, na Operação Sentinela da DEMA. Ambas visavam reprimir
crimes de parcelamento irregular do solo para fins urbanos, dano ambiental e
lavagem de dinheiro e associação criminosa.

Os mandados de busca e apreensão foram cumpridos em Águas Claras, Gama, Vicente Pires, Samambaia, Taguatinga e Guará.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close