Dieta dos três líquidos: uma moda que preocupa especialistas 

Dieta dos três líquidos: uma moda que preocupa especialistas

Esta é uma das dietas mais extremistas dos últimos tempos

Passar o dia apenas bebendo água, café ou chá. Esta é uma das mais recentes modas alimentares e, possivelmente, das que mais riscos traz para a saúde.

Por prometer resultados imediatos – especialmente passado um fim de semana de excessos alimentares -, esta dieta é das mais ‘marcadas’ no Twitter, através da hashtag #waterfast (jejum da água).

“Pode ser uma dieta ruim para os órgãos. É por isso que as pessoas com anorexia podem morrer de ataque do coração. O corpo alimenta-se do coração. O nosso corpo pensa que é uma emergência e tenta prevenir que a reserva de gordura seja usada, então alimenta-se de músculo”, alerta a especialista em distúrbios alimentares Joanne Labiner.

Mesmo com o depoimento de supostos benefícios por parte de quem seguiu ou segue esta dieta – sendo a melhor saúde da pele uma das consequências positivas mais vezes apontada, lado a lado, claro, com a perda de peso acelerada – especialista ouvida pelo Daily Mail alerta para os perigos desta ‘dieta da água’, a classificando como uma das piores que já surgiram.

Para o dietista Jo Travers, “há muita coisa ruim nesta dieta”, começando pela privação de vitaminas e minerais que provoca. No blog The London Nutricionist, citado pelo Independent, a especialista alerta ainda para o fato desta dieta não ter qualquer fonte de proteína, um macronutriente fundamental para o bom funcionamento do organismo.

Segundo o especialista em saúde dos rins, o médico Jason Fung, esta dieta que inclui apenas três bebidas até pode ser uma opção a curto prazo para quem tem diabetes tipo 2 ou obesidade, contudo, jamais deve ser seguida sem orientação de um profissional. O aconselhamento médico é fundamental, assim como o acompanhamento durante o período em que se faz a dita dieta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *