Uma análise do DF por Celina Leão

Uma análise do DF por Celina Leão

Nesta Segunda (23), o Pelo Mundo DF esteve no gabinete da Deputada Distrital Celina Leão, uma das parlamentares mais atuantes do DF, para uma entrevista, onde podemos fazer um “raio X” dos problemas ocorridos no DF devido a má gestão do então atual  governador.

Sabemos que o Distrito Federal está atravessando um período crucial em sua historia, onde a cidade esta cada vez mais sucateada, deteriorada, abandonada, uma delas é a Crise Hídrica, o DF e cercado por rios volumosos, e córregos e nascentenses, que por falta de fiscalização são destruídas todos os dias, os reservatórios estão secando e nenhuma providencia esta sendo tomada, pois, alem da fiscalização não ha também uma recuperação dos mananciais e nascentes.

Os córregos, os mananciais e as nascentes de Brasilia estão morrendo por falta de fiscalização, pois o governo e sua agencia de fiscalização tem mais preocupação em derrubar casas de pessoas que esta morando a mais de 40 anos do que cercar e proibir a na entrada nos locais de preservação e córregos do DF. Disse a Deputada

Outra situação é a saúde, com a falta de insumos básicos em hospitais, como luvas e máscaras; nas longas filas à espera de atendimento; na falta de combustível em ambulâncias, que carregam vidas. Passa pela sensação de insegurança gerada pelos aumentos constantes nos índices de crimes contra o patrimônio. Para se ter ideia, em outubro deste ano, juntos, roubos a pedestre, a coletivos, a veículos, comércio, cresceram 56,7% em comparação com o mesmo período do ano passado.

A segurança é uma das áreas que enfrentam uma grave crise. Em junho deste ano, a Polícia Civil fez a operação “greve branca”. A categoria ampliou o movimento pela luta de melhorias salariais em setembro, com a operação legalidade, onde a instituição está com delegacias fechadas a noite, viaturas velhas, 47% de deficit no efetivo.

Estamos na capital do Pais, onde a policia civil e militar, tem que ser bem remunerada e equipada adequadamente, o GDF não teve se quer a preocupação de levar um Projeto de lei, para o Governo Federal, tratando o assunto com descaso e abandono. A Policia Militar esta com o menor efetivo per capita nos últimos anos, e estão cada vez mais desmotivados por falta de atenção do governo.

Na educação, a meta de universalizar a educação para crianças de 4 e 5 anos até o fim de 2016 não foi cumprida. Ficou para 2017. As escolas têm estruturas precárias e a prometida educação integral subiu no telhado.

A realidade das escolas públicas do DF preocupa. Algumas chegam a passar a impressão de que necessitam ser demolidas e totalmente refeitas. E os problemas não são novos, com péssimas infra estrutura, não tem quadra de esporte, alimentação não é adequada, não adianta nomear professores se a situação das escolas são precárias.

Precisamos dar um ambiente melhor para as crianças serrem cada vez mais motivadas, um dos motivos da evasão escolar e justamente o abandono do governo, a falta de politicas publicas e comprometimento com os alunos e profissionais.

Quanto ao futuro politico, deixou um mistério no ar, disse que ainda não tem definição, mas esta disposta a qualquer custo lutar pelos direitos e por melhorias do nosso Distrito Federal.

Dep. Distrital Celina Leão, Ass. de Comunicação Laezia, Jornalista Ueliton Mello

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close