Família confirma a morte de Gugu Liberato

O apresentador teve morte encefálica após sofrer uma queda em casa

Após um período de especulações e notícias desencontradas, foi confirmada nesta sexta-feira, 22, a morte do apresentador Gugu Liberato, aos 60 anos de idade. Na quarta-feira, 20, Gugu sofreu um acidente doméstico em sua residência em Windermere, Orlando, nos Estados Unidos, e foi hospitalizado em estado grave. De acordo com fontes próximas do apresentador, ele caiu do forro da residência, de uma altura de quatro metros, e sofreu uma lesão na cabeça.

Antônio Augusto de Moraes Liberato, conhecido como Gugu pelos brasileiros, nasceu em São Paulo, no dia 10 de abril de 1959. Filho de imigrantes portugueses, um caminhoneiro e uma vendedora de roupas, ele começou a trabalhar aos 12 anos de idade como office-boy de uma imobiliária. Foi coroinha e auxiliar de escritório enquanto sonhava com uma oportunidade na televisão.

Gugu era considerado um dos apresentadores mais consagrados da televisão brasileira, com um enorme carisma.

Começou a trabalhar aos 14 anos no SBT, como assistente de produção do programa Domingo no Parque, apresentado por Silvio Santos. Na emissora comandou programas de grande sucesso, como Viva a Noite, Sabadão Sertanejo e Domingo Legal.

Sem ter certeza se a carreira na comunicação daria certo, cursou dois anos de Odontologia, antes de voltar a se dedicar à televisão e se formar em Jornalismo pela Cásper Líbero, em São Paulo. Seu primeiro programa diante das câmeras foi em 1981 no antigo Sessão Premiada, do SBT. Em 1982, Silvio criou um programa aos sábados à noite, o Viva a Noite.

Além de apresentador, participou de diversos filmes dos Os Trapalhões, como O Casamento dos Trapalhões (1988) e O Noviço Rebelde (1997), além de Xuxa e os Duendes (2001). Sua carreira paralela mais bem-sucedida, porém, foi na música. Tudo por causa de A Dança do Passarinho, que ele lançou em 1984. 

Após 16 anos no SBT, Gugu mudou para a Rede Record em 2009.

Gugu deixa a mulher Rose Miriam Di Matteo, com quem teve três filhos: João Augusto, de 18 anos, e as gêmeas Sofia e Marina, de 16.

Em nota, a família disse que ainda não tem informações a respeito do traslado do corpo. Mas afirmou que a pedido de Gugu, seus órgãos serão doados. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: