Operação da Polícia Civil apreende quatro toneladas de roupas falsificadas na Feira do Guará

A Polícia Civil do DF, por intermédio da Divisão de Proteção ao Consumidor — DPCon/Corf, realizou, nesta manhã (19), uma operação na Feira do Guará para coibir o crime de violação de direito de marca. Várias bancas foram alvo da ação e toneladas de mercadorias foram apreendidas no local.

Segundo o diretor da DPCon, delegado Marcelo Portela, a ação se deu a partir de inúmeras denúncias de representantes de marcas nacionalmente e mundialmente conhecidas, solicitando a intervenção policial em determinadas bancas da Feira do Guará.” Por esses feirantes estarem vendendo roupas contrafeitas, com violação de direito de marca, foram autuados em flagrante (termo circunstanciado) e, após os procedimentos da Lei, foram liberados. Eles deverão comparecer em Juízo para esclarecimentos dos fatos e aplicação da sentença judicial”, destaca o delegado Portela.

Ao todo, foram nove bancas onde aconteceram as buscas e apreensões das mercadorias. Todos os mandados expedidos pela Justiça do DF foram cumpridos nas primeiras horas desta quarta-feira (19). “Foi apreendida grande quantidade de calças, bermudas, camisas e casacos de diversas marcas, todas contrafeitas, que totalizam o montante de quatro toneladas de mercadorias”, finaliza. Todo o material apreendido será encaminhado à perícia para elaboração de laudo técnico.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: